Casamento só na amizade, SEM SEXO!!!!!!!!!!!!!!!

Mulher casada há 16 anos nunca fez sexo com o marido Londres (Inglaterra) – Quem observava o casamento da inglesa Martine Langley, 52 anos, achava que ela vivia feliz com o marido, Chris, 24 anos mais velho que ela. Afinal, publicamente estavam sempre juntos e em clima de paquera. Todavia, a inglesa contou ao jornal Daily Mail um segredo que guardou por muito tempo: em 16 anos de casamento, o casal nunca fez sexo. “Dividimos a cama, mas nunca consumamos o casamento. Ele sempre usava desculpas para evitar qualquer contato físico mais íntimo. Uma noite estava muito quente, na outra muito frio ou ele precisava urgentemente ver algo na TV. Ele jurava que não me traía e eu me perguntava se eu seria o problema”, contou Martine, que se casou aos 25 anos com o empresário divorciado e pai de dois filhos. Martine falou que usou técnicas de sedução, lingeries sensuais e massagens para tentar despertar o desejo do marido, mas nada funcionou. “Eu me sentia barata, suja e humilhada. Ele ainda jogava o problema para mim, dizendo que minha reação à falta de sexo é que era o problema do nosso relacionamento.” Embora vivamos em uma sociedade obcecada por sexo, em muitos casamentos a intimidade é inexistente – até mesmo entre casais de Hollywood. A amante de Arnold Schwarzenegger, por exemplo, contou que o ator disse a ela que vivia um casamento sem sexo com Maria Shriver, justificando sua traição. E não surpreende que a frequência sexual diminua ou até mesmo míngue em casamentos longos, embora o que assuste seja o número crescente de casais que não combinam. Um relacionamento pode ser feliz e saudável assim? A professora de saúde social e psicologia da Royal Holloway University of London, Paula Nicolson, destacou que os casamentos se mantêm por diversas razões, muitas delas desconectadas com o sexo: “muitos casais vivem 25, 30 anos e sacrificam a vida sexual por acharem companheirismo, segurança e familiaridade mais importante que o contato físico. O afeto continua em forma de beijos, abraços, mas sem o ato sexual em si”. Martine teve três relacionamentos antes de se casar e sabia que a falta de interesse em sexo por parte do marido não era comum, mas admitiu que a falta de chances de uma aproximação maior antes da união contribuiu para a apatia de Chris que, no início do namoro, ainda era casado. “Comecei a trabalhar com ele aos 20 anos e conforme nos aproximamos, nos apaixonamos. Olhando para trás, vejo que transávamos muito pouco, mas eu atribuía isso à culpa de estarmos traindo a esposa dele e relevei porque minha real atração era por sua inteligência e sofisticação.” Depois do casamento, como ela continuava trabalhando, a intimidade ficou relegada aos fins de semana, mas ele continuava arrumando desculpas para qualquer aproximação. Enquanto as amigas reclamavam de falta de libido, Martine sentia falta de sexo, mas não traiu o marido, apesar das oportunidades. “Nos mudamos para a Bélgica e ele começou a se sentir culpado por estar longe dos filhos pequenos e pediu o divórcio. Foi um alívio porque eu já não o amava mais. Hoje tenho um novo marido, mas não posso mais ter filhos por causa da minha idade.”

Anúncios

Sobre REGINALDO GERMANO

Reginaldo da Silva Germano, nascido em 21 de Setembro de 1954, na Cidade do Rio de Janeiro, no Bairro de Acari, Casado pai de quatro filhos, Avô de seis netos, com formação superior incompleta, Radialista, Ex-Deputado Federal por dois mandatos, Pastor Evangélico, Fundador e Presidente da Igreja do Evangelho e do Amor de DEUS, situada na Rua Tonico de Pina, 440, Cidade de Anápolis, Estado de Goiás, Brasil.
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s