APREENSÃO DE DUAS TONELADAS E MEIA DE MACONHA CAUSA MORTE DE JOVEM POR TRAFICANTES NA ROCINHA.

Rocinha: Amiga de Luana diz que jovem foi chamada para encontrar bandidos

Para a família, jovem foi morta por traficantes

 

Rio -‘ Não fica preocupada, não. O máximo que pode acontecer comigo é eu voltar sem cabelo’. A frase foi dita, em tom de brincadeira, pela modelo Luana Rodrigues de Souza, de 20 anos, numa conversa pelo telefone com uma amiga da família antes de ir para a Favela da Rocinha, no dia 9. Desde então, a moça e outra jovem, identificada apenas como Andressa, desapareceram, como O DIA revelou ontem. A declaração relatada pela amiga, ontem à noite, a policiais da Divisão de Homicídios (DH) reforça a suspeita de que as garotas teriam sido mortas por traficantes.

Foto: Reprodução
Luana de Sousa, 20, sempre atraiu olhares: suposto relacionamento com policial pode ter sido a causa do crime | Foto: Reprodução

De acordo com o relato, a amiga telefonou para Luana na tarde do dia 9. A jovem contou que estava com Andressa e dois jogadores do Botafogo em um shopping da Barra da Tijuca. A modelo disse que iria até a Rocinha porque tinha sido chamada para um ‘desenrolo’ (resolver um problema). Quando a amiga se mostrou preocupada, Luana tentou tranquilizá-la e acrescentou que tinha ‘as costas quentes’.

A amiga da família disse não ter dúvidas do que aconteceu com a modelo: “Foi morta por traficantes”. Segundo ela, o motivo seria o namoro da jovem com um policial. “Acharam que ela fosse X-9 (informante)”, acrescentou.
Também na noite de ontem, os pais de Luana — Miraldo de Sousa e Suili Rodrigues Rosa — prestaram depoimento na DH. A mãe contou que, no dia do desaparecimento, ligou várias vezes para o celular da filha, mas não obteve resposta. Suili disse acreditar que Luana teria ido mesmo para a Rocinha naquele dia, mas negou saber de envolvimento da moça com traficantes. Ela afirmou ainda que chegou a procurar a jovem no Hospital Miguel Couto, na sexta-feira.

De manhã, o delegado Felipe Ettore, diretor da DH, preferiu manter a cautela e tratou o caso como desaparecimento. Ele afirmou que pedirá a quebra do sigilo telefônico de Luana para tentar rastrear os últimos passos das jovens. Segundo o delegado, ainda há poucas informações sobre Andressa, pois a família não procurou a polícia.

Na Rocinha, o comentário entre moradores é de que as duas jovens foram mortas e esquartejadas por traficantes, a mando do chefão local, Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem. O motivo seria o suposto relacionamento dela com o policial e que, a partir disso, a polícia teria apreendido 2,5 toneladas de maconha, mês passado. “Se ela realmente estava namorando um policial, precisamos apurar”, concluiu Ettore.

Luto em mensagens pela Internet

Nas redes sociais da Internet, amigos de Luana enviaram dezenas de mensagens em tom de despedida. O tom era ‘de luto’, como apareceu no título de muitos dos comentários.

As mensagens começaram a ser postadas antes mesmo de o desaparecimento da jovem ser registrado na 15ª DP (Gávea), na segunda-feira. Na sexta-feira, comentário de um casal no Orkut já falava sobre o sumiço: “O sonho acabou… fica com Deus”. No mesmo dia, amigo identificado como Júnior deixou a mensagem: “Descanse em paz”. Na quarta-feira, foi celebrada a missa de sétimo dia da modelo.

Emoção na despedida das amigas

Na segunda-feira, Cris, amiga e confidente da modelo, deixou um recado emocionado: “Luana, nunca mais vou esquecer aquele abraço que a gente deu. Eu me despedi de você e não sabia. Se ao menos eu sentiçe (sic) que iria acontecer essa tragédia tinha falado pra você se cuidar. Mas agora que está no céu, descanse em paz. Saudades eternas”.

Dani, outra amiga da modelo, também demonstrou sua dor: “Para uma grande amiga que jamais será esquecida. Lu, sempre lembrarei de todos os nossos momentos juntas. Agora, descanse em paz ao lado de Deus”.

Na rede social

Muito atraente. É assim que Luana se definiu em seu perfil na página do Orkut (site de relacionamentos). Bonita e muito vaidosa, gostava de se exibir, principalmente em fotos. De seus cabelos era o que ela mais gostava. Chegou até a ser capa também no Orkut de uma página chamada ‘Só para as que humilham’ sobre mulheres bonitas. Entre as comunidades que participava na Internet estavam ‘Toda Luana é linda’ e ‘Nasci para arrasar’.

Mãe de um menino de 2 anos, por quem se dizia apaixonada, ela manteve a forma depois da gravidez lutando boxe. Gostava também de futebol e era flamenguista doente. No samba, torcia pela Vila Isabel e Acadêmicos da Rocinha.

Luana chegou até a fazer curso de modelo na Rocinha mas não seguiu carreira. Ela trocou as passarelas pelo palco. Na favela, fazia peça de teatro infantil e também se vestia de Mamãe Noel nas festas de fim de ano, quando artistas e atletas subiam o morro para distribuir donativos. Segundo amigas, por ser bonita, sempre conseguia trabalho em eventos, era uma forma de ganhar dinheiro.

Como a maioria das jovens de sua idade, era festeira. Suas fotos mostram que Luana estava sempre em eventos, cercada de amigos e sorrindo, resultado de seu temperamento extrovertido, simpático e palhaço, como ela se definia. Gostava de dançar, sobretudo pagode e funk.

Romântica, gostava de demonstrações de afeto em público. ‘Mulher não se pega, conquista’ era uma de suas comunidades no Orkut onde ela também deixou registrado. “… Você pensa que é bom, Ser amante é doloroso .. Sai daí sua Recalcada.. Ser Fiel é mais Gostoso. A moral que Eu tenho com Ele .. Você nunca vai ter. Chora sua Otária a Luana é o Poder”, escreveu, lembrando letra de um funk. 

Anúncios

Sobre REGINALDO GERMANO

Reginaldo da Silva Germano, nascido em 21 de Setembro de 1954, na Cidade do Rio de Janeiro, no Bairro de Acari, Casado pai de quatro filhos, Avô de seis netos, com formação superior incompleta, Radialista, Ex-Deputado Federal por dois mandatos, Pastor Evangélico, Fundador e Presidente da Igreja do Evangelho e do Amor de DEUS, situada na Rua Tonico de Pina, 440, Cidade de Anápolis, Estado de Goiás, Brasil.
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para APREENSÃO DE DUAS TONELADAS E MEIA DE MACONHA CAUSA MORTE DE JOVEM POR TRAFICANTES NA ROCINHA.

  1. É difícil acreditar que depois de tantos sofrimentos que as drogas tem causado a essa sociedade, o governador do Rio de Janeiro estado mais afetado pelo crime organizado para o tráfico, se declare a favor da liberação do uso da maconha. Os estados não tem clínicas para tratamento de viciados, o dinheiro que o governo federal destina para o tratamento, não dá para cuidar de um que dirá de muitos que certamente surgirão co a facilidade do uso.

    A Rocinha o maior entreposto de drogas no Rio de Janeiro, fica bem na zona sul da cidade, nem lá a polícia consegue combater. Os reultados das drogas são de causar pavor em qualquer um, uma jovem de 20 anos apenas é atraída para o convívio de pessoas que negociam o entorpecente”a maconha”, e simplesmente por ser considerada traidora, é imediatamente levada ao tribunal do tráfico julgada e condenada a morte, sem direito á defesa.

    A família diante da incapacidade da polícia em combater o tráfico pois quem mora nessas áreas sabe que autoridades estão envolvidas no tráficopois e sem eles os traficantes não estariam nas ruas, se resigna e mesmo antes de encontrar o corpo mandam rezar missa de sétimo dia sabendo a filha esta morta e que não vai haver prisão para os culpados.

    Certamente o líder do PT na Câmara dos Deputados e representante do povo que também defende não só o uso, como também o cultivo em hortas comunitárias irá dizer isso acontece porque a droga é proibida.. Quem será o grande chefão desse negócio, a quem pertencerá as milhares de plantações de maconha que irão ser legalizadas no Brasil.

    Hoje o Comando Vermelho, a Ada, o Terceiro Comando Puro e os independentes, facções que lutam em uma guerra sem fim para dominar o tráfico ilegal de drogas, serão legalizados se as idéias do deputado vingarem.Nós teremos uma guerra civil para o domínio das plantações que crescerão com o aumento do número de viciados.

    Então é difícil aceitar que um governador de um estado com as características do Rio de Janeiro, e um deputado federal eleito pela maior metrópole da américa latina e que enfrenta o maior problema de drogas possa raciocinar assim. São Paulo hoje é a porta de entrada de tudo que é droga e contrabando para os estados do Brasil. O nobre deputado deveria nos dias em que não está em brasília visitar a cracolândia e ver de perto o estrago que as drogas fazem.

    As drogas mais novas no mercado hoje, o Crak e o Ox são o fim do caminho para quem começou na maconha, passeou pela cocaína, e foi terminar daquele jeito que todos nós acompanhamos nos noticiários diariamente. O governador Sérgio Cabral precisa ficar de olho bastante aberto pois o Rio também já tem a sua cracolândia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s