O que Faz o Coração Parar……

Cardiologistas explicam como identificar e atender vítimas de infarto

Roberto Kalil e Carlos Serrano estiveram no Bem Estar desta terça (22).
Problema é a 2ª maior causa de morte no Brasil; homens são mais atingidos.

Do G1, em São Paulo

A melhor maneira de identificar um infarto e o que fazer para socorrer as vítimas foram os temas do Bem Estar desta terça-feira (22). Os cardiologistasRoberto Kalil, do Hospital Sírio-Libanês, e Carlos Serrano, do Instituto do Coração (Incor), estiveram no estúdio ao lado de Mariana Ferrão e Fernando Rocha para falar da segunda maior causa de mortes do país, que atinge principalmente homens acima de 40 anos.

Os médicos esclareceram que o infarto é a morte do músculo do coração. Isso acontece quando a passagem do sangue é interrompida por causa de um bloqueiro das artérias. Essa interrupção ocorre pelo acúmulo de placas de gordura, motivado por fatores como dieta, cigarro, colesterol, pressão arterial, diabetes, idade, sedentarismo e histórico familiar. Os homens são as maiores vítimas: em 2008, dado mais recente, representaram 59% do total de mortes por esse problema.

infarto (Foto: Arte/G1)(Foto: Arte/G1)

Os sintomas clássicos do infarto são: dores no peito, irradiação para o braço esquerdo, suor e falta de ar. A principal recomendação é procurar o hospital mais próximo, mesmo que não seja o melhor. Rapidez é fundamental para a sobrevivência do paciente. Na dúvida, é melhor ir ao médico.

Antes de ocorrer um infarto, há a “isquemia”, quando o fluxo de sangue chega a 30% de sua capacidade. Nesses casos, são comuns dores no braço direito, pescoço, estômago e nas costas, além de enjoo.

Serrano cita uma comparação: “É como um córrego de água que irriga uma plantação. Se cai uma pedra nesse córrego, diminui a passagem da água, e o alimento cresce menos. No corpo humano, o músculo cardíaco se contrai menos, o que provoca desconforto, falta de ar, batedeira e suor”.

Há sete anos, a técnica de teatro Alaíde Alves teve um infarto na casa da atriz Rosi Campos. Ao sentir um aperto no peito, que logo se espalhou para os braços, foi levada a um hospital público e recebeu o diagnóstico: “vertigem”. Depois de voltar para casa e ir novamente ao hospital, soube que estava enfartando. Foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde passou dez dias, e felizmente não teve sequelas. Alaíde conta que, na época, se alimentava mal, fumava e era muito estressada.

Mortes no Brasil

O infarto é a segunda maior causa de óbitos no país, atrás apenas de derrames cerebrais.
Supera as mortes por armas de fogo, acidentes de carro e agressões físicas. É importante não confundi-lo com parada cardíaca, que pode acontecer por diferentes razões e, em última análise, é o motivo de todas as mortes, segundo Serrano.

Em 2008,  o Brasil registrou 75.272 óbitos, e 59% das vítimas (44.417) eram do sexo masculino, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

tópicos:

 

Anúncios

Sobre REGINALDO GERMANO

Reginaldo da Silva Germano, nascido em 21 de Setembro de 1954, na Cidade do Rio de Janeiro, no Bairro de Acari, Casado pai de quatro filhos, Avô de seis netos, com formação superior incompleta, Radialista, Ex-Deputado Federal por dois mandatos, Pastor Evangélico, Fundador e Presidente da Igreja do Evangelho e do Amor de DEUS, situada na Rua Tonico de Pina, 440, Cidade de Anápolis, Estado de Goiás, Brasil.
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s