A Ploriferação de Evangelho, é como um Câncer que corrói a Sociedade dia-a-dia…

Ao falar de Ploriferação a idéia que passa pela nossa imaginação, é doença, pragas, vícios de alguma droga nova. De uma coisa ruim que está acontecendo com uma força incontrolável, como por exemplo, o crack, ou uma doença como a AIDS.

A palavra de DEUS fala de crescimento do evangelho. No livro de Lucas capítulo II, do versículo 42 ao 47, a palavra de DEUS diz assim:

E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor; e muitos prodígios e sinais eram feitos por intermédio dos apóstolos. Todo os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade.

Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso acrescentava-lhes o Senhor dia a dia, os que iam sendo salvos.

O Rio de Janeiro na visão desses falsos profetas é um campo fértil para lançarem seus ministérios de mentira, aproveitam o sofrimento de pessoas honestas como mães que tem seus filhos envolvidos com a criminalidade, o vício de drogas. Famílias que vivem em total desespero, esse campo, os falsos profetas escolheram para semear suas idéias que confundem e desviam pessoas de suas igrejas para seguirem esses aventureiros.

A quantidade de líderes forjados que surgem a cada dia é uma vergonha. O engraçado é que ninguém quer ser pastor, todos já nascem bispos, apóstolos, sempre acima de pastores. O fundador do evangelho mesmo depois de escolher seus doze discípulos, nunca se intitulou autoridade. Ele dava sempre o exemplo do bom PASTOR.

Ele ( JESUS ) se intitulava o bom Pastor, e que o bom Pastor, é aquele que dá a vida pelas ovelhas. Os demais não eram Pastores, eram lobos devoradores e que estavam apenas querendo tirar; a lã, o leite, abandonando a pobre ovelha à própria sorte. Hoje é muito fácil, o sujeito joga o óleo para o alto, entra debaixo e já é líder de uma denominação, nunca como Pastor para tomar conta das ovelhas, mas como líder para mandar e usufruir daquilo que a ovelha produz com autoridade dada por ele mesmo.

Esses “pastores” precisam ter uma experiência com DEUS como foi com Davi. A história de Davi, homem que tinha o coração segundo a vontade de DEUS, isso, dito pelo próprio DEUS começa exatamente onde esses mercenários do dia de hoje não querem chegar. No livro do Profeta Samuel, I Samuel cap.16 a partir do versículo um, DEUS fala de Jessé, homem de Belém  de Judá que tinha oito filhos. Sendo que sete eram soldados do exército do Rei Saul.

O oitavo filho era Pastor, passava todo seu tempo tomando conta das ovelhas que foram colocadas sob a sua responsabilidade. As ovelhas que Davi pastoreava, eram as que estavam por trás das malhadas, segundo alguns entendidos eram ovelhas doentes, cegas que precisavam de cuidados especiais e ficavam atrás das sãs para não atrasar nos deslocamentos para o pasto e para as fontes de água. Eram ovelhas sem valor para o mercado.

O próprio Davi quando estava para enfrentar o Golias relatou: Teu servo apascentava as ovelhas de seu pai; quando veio um leão ou um urso e tomou um cordeiro do rebanho, eu saí após ele, e o feri, e livrei o cordeiro de sua boca; levantando-se ele contra mim, agarrei-o pela barba, e o feri e o matei. O teu servo matou tanto o leão como o urso.

Creio que o SENHOR JESUS quando contou a história do bom PASTOR, estava inspirado na história de Davi, seu ancestral ocorrido á quase dois mil anos. Davi arriscou a vida por umas ovelhas doentes, sem valor financeiro. O SENHOR JESUS deu a sua vida por um monte de ovelhas rebeldes, doentes, cegas, paralíticas que também não tinham valor, o fim dessas ovelhas seria o fogo do inferno por seus pecados. Mas ele que não tinha pecados, enfrentou o lobo (satanás ) e poderia vencê-lo, mas era preciso dar a sua vida pelas ovelhas.O Crescimento do evangelho fala das primeiras conversões, os corações dos discípulos estavam tão vazios de seus interesses que em um só dia ouvindo o povo o discurso de Pedro, três mil pessoas se arrependeu dos seus pecados e foram batizados. 

A IGREJA DO EVANGELHO E DO AMOR DE DEUS

IGREJA CRIADA PARA LEVAR OEVANGELHO ATRAVÉS DO AMOR DEDEUS

Anúncios

Sobre REGINALDO GERMANO

Reginaldo da Silva Germano, nascido em 21 de Setembro de 1954, na Cidade do Rio de Janeiro, no Bairro de Acari, Casado pai de quatro filhos, Avô de seis netos, com formação superior incompleta, Radialista, Ex-Deputado Federal por dois mandatos, Pastor Evangélico, Fundador e Presidente da Igreja do Evangelho e do Amor de DEUS, situada na Rua Tonico de Pina, 440, Cidade de Anápolis, Estado de Goiás, Brasil.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s